Quebra de sigilos de Janot e Cardozo


Aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente nacional do Solidariedade, Paulo Pereira da Silva (SP), o Paulinho da Força, pediu nesta quinta-feira a quebra do sigilo telefônico do procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, e do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
O requerimento foi apresentado nesta manhã (12) e depende da aprovação dos integrantes da CPI da Petrobras na Câmara para ter efeito.
No requerimento, o deputado justifica o pedido afirmando que a quebra do sigilo se faz necessária “em razão das inúmeras notícias veiculadas na imprensa nacional sobre vários encontros realizados entre o ministro da Justiça e o procurador-geral da República sem qualquer registro nas respectivas agendas de trabalho … para tratar, informalmente, de decisões relativas aos procedimentos investigatórios da Operação Lava Jato”.

Para Paulinho da Força, as reuniões significam “ilícito” que acarretam “graves prejuízos às instituições e investigações”. “Nada mais sensato do que apurar esses fatos nessa CPI”, afirmou.

O presidente do Solidariedade é aliado de Cunha. Desde que foi incluído na relação de pedidos de inquérito entregue pela PGR ao Supremo Tribunal Federal, o presidente da Câmara tem desqualificado o trabalho de Janot, acusando-o de agir em parceria com o Palácio do Planalto para incriminá-lo.

O Ministério Público escolheu a quem investigar. Não investigou todos. Por motivação de natureza política, escolheu os alvos de investigação”, afirmou Cunha nesta quinta-feira, em depoimento voluntário à CPI.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s