Presidente nacional do PT


O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse nesta sexta-feira (9) que é mais fácil aprovar uma CPI para investigar formação de cartel em licitações do metrô de São Paulo, com suspeitas de pagamento de propina, no Congresso Nacional do que na Assembleia Legislativa paulista. “Em São Paulo, o governo do PSDB não admite nenhuma CPI destinada a dar transparência”, disse Falcão.

A CPI no Congresso, segundo o dirigente petista, se justifica pelo fato de haver denúncias contra as administrações de São Paulo e do Distrito Federal, “porque cartel é uma questão federal e por haver recurso do BNDES”. 

O presidente do PT disse que o partido estará presente na passeata “contra o propinoduto ou o trensalão”, como havia definido mais cedo, mas não sabe se de forma institucional. “Vi que haverá uma manifestação do pessoal do Movimento Passe Livre, que hoje aglutina muita gente, no dia 14. O PT tem participado de tudo. Nossa juventude, nossa militância, não necessariamente com bandeira”, afirmou. Falcão participou no Rio de um debate sobre as manifestações que tomaram conta do País, com a presença do PSB, PT, PC do B e PC do B.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s