Diário Oficial da União (DOU)


A partir desta quinta-feira (13), as operações de derivativos cambiais para a posição vendida serão realizadas sem a incidência do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). A decisão foi anunciada na quarta-feira (12) pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e formalizada em decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira.

Em entrevista de última hora, Mantega informou que o governo não vai mais cobrar 1% de IOF sobre os derivativos de câmbio, alíquota que foi adotada pelo governo nessas operações em julho de 2011 para evitar que o real ficasse muito valorizado. “Quando você fica vendido, significa que você vai ter de entregar dólar, então você ajuda a desvalorizar o dólar.

Em 2011, os aplicadores estavam vendidos e o dólar estava se desvalorizando e o real se valorizando. Havia aumento de posição vendida, de modo que estava prejudicando a atividade, porque as exportações estavam ficando caras em dólar”, afirmou o ministro na entrevista. “Agora, o cenário mudou. Principalmente diante dessa acomodação do mercado cambial mundial. Estamos tendo, ao invés de desvalorização, valorização (do dólar). Não faz sentido manter o empecilho”, disse. “Com isso, haverá oferta maior de dólar no mercado futuro, com diminuição da desvalorização do real”, explicou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s