Energia nuclear


Milhares de manifestantes contrários à energia nuclear se reuniram neste domingo em Tóquio num momento em que o primeiro-ministro conservador do Japão, Shinzo Abe, considera reativar os reatores do país.

Os organizadores do protesto informaram que 7.500 pessoas se reuniram em um parque do centro da cidade, incluindo vítimas de desastres e celebridades, como o ganhador do prêmio Nobel de Literatura Kenzaburo Oe. Depois, os manifestantes marcharam pela capital, segurando cartazes com slogans contrários à energia nuclear.

Eles também protestaram em frente à sede da Tokyo Electric Power Co, operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi, que entrou em colapso após o terremoto e o tsunami ocorridos em março de 2011, provocando um vazamento de radiação.

Abe, cujo Partido Democrático Liberal tem laços estreitos com poderosos círculos de negócios do país, afirmou em diversas ocasiões que permitiria a reativação dos reatores se sua segurança fosse assegurada. O Japão desativou seus 50 reatores para verificações de segurança após o desastre de 2011, mas posteriormente reiniciou dois deles, citando possíveis problemas de escassez de energia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s